quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Nas manhãs..



Nas manhãs .
Eu te espero.
Mas você nunca vem.
Meu corpo arde de desejo.
De querer está com você.
E me deliciar no seu corpo forte e viril.
Poder sentir junto a ti o som do amor.
E escultar, os sussurros em cada beijo.
Me deliciando.
Te adorando, cada vez mas.
Te querendo muitas vezes.
Você deleitando em meu corpo.
Eu me aquecendo em cada caricias.
De loucuras deste amor.

Doçura de Luz...

Nenhum comentário:

Postar um comentário